sábado, 10 de novembro de 2018

BUSCANDO UM RUMO.

Rufino Silva / Facebook
BUSCANDO UM RUMO. NÃO SEI PRA ONDE. SÁBADO SEM GRAÇA. MAIS UM DIA PARA MINHA ALMA. NUBLADO. CHOVE EM MIM. OLHO A ESTRADA. VERDADEIROS DEVANEIOS ME ACOMPANHAM. TENTO VOLTAR A REALIDADE E NÃO CONSIGO. EMBALDE. O RONCAR DO MOTOR, DO SONHO MEU IV, ROMPE ESSE HORIZONTE BEM DISTANTE E SEM ALCANCE. MAQUINALMENTE SIGO ESSA CAVALGADA DE SONHOS E QUIMERA, ONDE A VELOCIDADE DO TEMPO ME COLOCA NESSA NOSTALGIA E NO RETROVISOR DA VIDA ME TRANSPORTA ALÉM DO LIMITE. SÃO OUTROS CARROS E GENTE QUE PASSAM POR MIM, FAZENDO VOAR ESSES SONHOS MAL SONHADOS E QUE NEM SEQUER ME FAZEM ME COLOCAR NESSA VÁ REALIDADE. REALMENTE PERCORRI MILHAS E MAIS QUILÔMETROS, ONDE DE REPENTE, NÃO MAIS DE REPENTE, PERCEBI QUE TINHA ACORDADO DESSA VIAGEM E POR IRONIA DO PRÓPRIO DESTINO, HAVIA PARADO NO MESMO LUGAR. QUE PENA. ME TRANSFORMEI NUM SONHADOR OU MESMO NUM SONÂMBULO, COMO SENDO PASSAGEIRO DESSE TREM DE UTOPIA E NADA MAIS. 10.11.2028...

LEIA MAIS:
CRÔNICAS DE RUFINO SILVA

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Amanheceu mais um dia.

RUFINO SILVA/FACEBOOK
Se renova mais um resto de esperança e eu da varanda do quarto andar do edifício da comunicação vislumbro a distância o vai e vem das primeiras pessoas que buscam nova chance ou talvez, novos rumos de sua vida. Neste exato momento abro os braços e rogo a Deus o perdão de meus pecados e o arrependimento de um dia ter cometido alguma vez, pecados que de mim me fizeram um homem triste e sem rumo. AMÉM. 08.12.2018.
LEIA MAIS...
CRÔNICAS DE RUFINO SILVA

sábado, 3 de novembro de 2018

Dia de Finados: Tento sorrir e não consigo

Rufino Silva/Facebook
02 de Novembro, 2018. Finados. Tento sorrir e não consigo. Um filme passa pela minha cabeça, daquelas pessoas, outra vivas, estão a ocupar em meu senso, mil pensamentos, aquele utópico espaço, como se tudo começasse de novo, uma nova vida de sorriso, graça e louvores... vem a minha turba mente, as lembranças e reminiscências, dos meus pais, meu irmão, avós e tantas outras figuras que fizeram parte de minha efêmera existência... Todas foram super importantes para mim... Entretanto não poderia deixar de focar acima de tudo, a imagem eternamente viva e memorável de Dona Rocilda, minha mãe, mãe também do Gil, Sebastião e Dedim...Para mim o tempo não não passou. Congelou. Ainda não absorvi sua partida, seu vazio e essa saudade que em mim fez moradia. Minhas lagrimas em grande quantidade, todos os dias, são derramadas, logicamente reclamando sua ausência de seu pesar. Seu triste adeus...Mais tarde irei em sua eterna casa, vou conversar com Deus é com ela também...Ela vai falar de suas novidades e eu das minhas. Nos abraçaremos fortemente, sentiremos de perto o gosto amargo dessa separação e saudade. Mamãe, desculpa pela sinceridade. Eu não sou feliz, deve ter percebido. Porque não volta pra nos? Já não dar mais pra aguentar, sua ausência. Volta minha mãe, sem a senhora, não dar mais pra eu viver. Eu não existo. Sou menos que nada. Volta dona Rocilda. Sem ti não viverei. Amém.

LEIA MAIS:
CRÔNICAS DE RUFINO SILVA

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

QUIZ O DESTINO QUE EU PARTICIPASSE DESTE FIM DE TARDE...

RUFINO SILVA/FACEBOOK
QUIZ O DESTINO QUE EU PARTICIPASSE DESTE FIM DE TARDE, NESTA SEGUNDA E QUENTE, FINAL DO DIA, OUVINDO NO MEU VELHO E SURRADO TOCA FITA DO MEU CARRO, A MÚSICA LUZES DA RIBALTA, CUJO AUTOR É O TAO CONHECIDO CHARLES CHAPLIM, FAMOSO HUMORISTA DO CINEMA MUDO. NA MELÓDICA E ARRASTADA CANÇÃO, FALAVA DOS DESENCANTOS E FANTASIAS QUE NOSSA VIDA NOS OFERECE E AS COISAS BOAS QUE SÃO RETIRADAS COM O PASSAR DO TEMPO... GERALMENTE COM O FINAL DE JORNADA, VÃO...SE NOSSAS SONHOS E FICAM NOSSAS QUIMERAS, COMO BEM DIZ ESSA MUSICA, LUZES DA RIBALTA. MAIS UM FIM DE TARDE SE VIA E COM ESSE CREPÚSCULO, MUITAS VEZES, DIZEMOS ADEUS AS ILUSÕES E REPENTINAMENTE NOS CURVAMOS DIANTE DESSE MESMO TEMPO, QUE TUDO DE BOM NOS ROUBAM E DE REPENTE NOS TIRA BRUSCAMENTE, DEIXANDO...NOS, SEM NADA E SEM ESPERANÇA...29.10.2018. TRIÂNGULO DE ARACOIABA.

LEIA MAIS...
CRÔNICAS DE RUFINO SILVA

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

QUE CHEGUE MAIS UMA TARDE

RUFINO SILVA/FACEBOOK
QUE CHEGUE MAIS UMA TARDE. QUE MAIS UMA NOITE VENHA FAZER PARTE DESTA ROTINA. QUERO QUEBRAR ESSA MESMICE QUE SE APODERA DE MIM, ME INQUIETANDO, TAMBÉM ME TIRANDO DO SERIO... QUERIA NOVAS EMOÇÕES. SENTIMENTOS DIFERENTES QUE PUDESSEM. ME REVIGORAR ME DANDO UMA NOVA ENERGIA DE VIVER. QUERO DE FATO SER FELIZ E DESSA FELICIDADE COMPARTILHAR COM O MUNDO, UMA VIDA NOVA. UM NOVO CAMINHO A PERSEGUIR E NESTE FIM DE TARDE, POSSA OLHAR ESSA ESTRADA E QUEM SABE, VOLTAR SER FELIZ, OUTRA VEZ E POR CERTO SORRIR NOVAMENTE... 24.10.2018.

LEIA MAIS EM...
CRÔNICAS DE RUFINO SILVA

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

VIVER É PRECISO.

RUFINO SILVA/FACEBOOK
VIVER É PRECISO. ALIMENTAR A ESPERANÇA, UMA REAL NECESSIDADE. BUSCAR UM OBJETIVO E POR NOS ANDARILHOS, SONHADORES, VERDADEIROS NÔMADES DESSA ESTRADA ROLANTE, ORA SUBINDO E MUITAS VEZES DESPENCANDO DO AUGE, RARAMENTE MUITAS VEZES, NOS SERVINDO DE ELEVADOR DO MUNDO, NA TENTATIVA DESSA ANSIEDADE CONQUISTADA... É DO SUOR DA LUTA QUE FLUI OS RESQUÍCIOS DA MALOGRADA TRILHA, ONDE, ESTAMOS EXAUSTOS DE SONHAR E GERALMENTE QUASE NADA GANHAR, NESSA SOFRIDA VIDA. SEXTA FEIRA. 19.10.2018. É COMO SE FOSSE UM REFRIGÉRIO INCONSTANTE NOS JOGANDO A NOSSA FRENTE A REALIDADE ONDE TODOS VISLUMBRAM E TÃO POUCO CONQUISTAM... É A UTOPIA DE NOSSAS PEGADAS E O REFORÇAR DESSA FÉ E DESSA LUTA INABALÁVEL QUE DEUS NOS DEU... 19.10.2o18.

LEIA MAIS...
CRÔNICAS DE RUFINO SILVA

sábado, 13 de outubro de 2018

Mais uma tarde que passa por mim e eu percorrendo essa trilha tentando não olhar para trás.

Rufino Silva/Facebook
Mais uma tarde que passa por mim e eu percorrendo essa trilha tentando não olhar para trás. Será que conseguirei superar meus obstáculos que estão a minha frente? Será que vou me livrar da saga ardente dessa inveja das coisas tão humildes que tenho? Tenho quase nada, mas sou vigiado pelos invejosos e muito as vezes, até me desejam mal. Tem nada não... Todos nós do bem, temos um Anjo da Guarda e o meu logicamente com muito trabalho, me protegerá e me fará o bem... O meu fim de tarde está chegando sorrateiramente e com a graça de Deus, vou de cabeça erguida superar e vencer. Finalmente vamos ter um final feliz, em Paz com Deus e Jesus no coração...09.10.2018.

LEIA MAIS: CRÔNICAS DE RUFINO SILVA

HOJE VOU TIRAR O MEU CHAPÉU PARA UMA PESSOA DE UMA SUPERAÇÃO ÍMPAR

Maciel ao lado de Rufino Silva/Facebook
EU HOJE VOU TIRAR O MEU CHAPÉU PARA UMA PESSOA DE UMA SUPERAÇÃO ÍMPAR. UMA PESSOA QUE, SOBRETUDO, É E SERÁ SEMPRE EXEMPLO E LIÇÃO DE VIDA PARA ESSE MUNDO TÃO MAL, PRATICAMENTE SEM ESPERANÇA... ESSE CARA, MEUS IRMÃOS E AMIGOS, NÓS CONHECEMOS COMO O MACIEL DO SERTÃO DE ARACOIABA. É UMA LIDERANÇA INCONTESTE DA NOSSA POLÍTICA. E PODEMOS DIZER, DE UMA INTELIGÊNCIA INCOMUM... SUA SOBREVIVÊNCIA HUMANA ESTEVE A CARGO DO LEGÍTIMO PODER DE DEUS E DAS FORÇAS DIVINAS. LOGICAMENTE COM TODA TORCIDA DE SEUS LEAIS AMIGOS, FAMILIARES E DEPOIS DE JESUS, A SABEDORIA E O SENTIMENTO DE REPARTIR COM DESPESAS E APOIO LOGÍSTICO DE NOSSA GRANDE BENFEITORA, DONA BOM, MÃE DO MUNDIALMENTE CONHECIDO WESLEY SAFADÃO. QUASE ARACOIABA EM PESO TORCEU POR VOCÊ, GRANDE MACIEL. QUANDO DEUS QUER, NEM MESMO A VIOLÊNCIA FORÇA DO MAL ULTRAPASSA O BEM. MACIEL. BOLA PRA FRENTE. MUITAS VITÓRIAS O ESPERAM POR VOCÊ E POR TODA SUA QUERIDA FAMÍLIA. AMÉM. MINHA SINCERA HOMENAGEM. 13.10.2018. SÁBADO DE GRAÇAS MIL. OBRIGADO SENHOR...

LEIA MAIS CRÔNICAS DE RUFINO SILVA: AQUI

sábado, 6 de outubro de 2018

OLHAR FITO NA IMENSIDÃO DO TEMPO E DA VIDA...

Rufino Silva/Facebook
OLHAR FITO NA IMENSIDÃO DO TEMPO E DA VIDA... QUANTAS ESTRADAS PERCORRIDAS SEMPRE EM BUSCA DE SONHOS E FANTASIAS... SÃO SONHOS MUITAS VEZES MAL SONHADOS SEMPRE NA TENTATIVA DE SER FELIZ E NA PRÁTICA DE FAZER SEMPRE O BEM... PEQUENO PERFIL DESTE SER HUMANO SIMPLES E SEM NUNCA TER USADO NENHUM POUQUINHO DE HIPOCRISIA E NEM MALDADE. SÓ O BEM. NADA MAIS...30.09.2018.

LEIA MAIS...
CRÔNICAS DE RUFINO SILVA

Muitas vezes o sorriso serve de disfarce para ocultar algo...

RUFINO SILVA/FACEBOOK
MUITAS VEZES O SORRISO SERVE DE DISFARCE PARA OCULTAR ALGO QUE NOSSO ÍNTIMO ESCONDE NA GENTE ATRAVÉS DE UMA DOR QUE ESSE MUNDO MAL NOS PROPORCIONA PELAS ARTIMANHAS DE NOSSA CAMINHADA TRAIÇOEIRA QUE ENVEREDAMOS EM NOSSO DIA DIA, NA BUSCA DE SERMOS FELIZES... MAIS BUSCAMOS, MAIS SOFREMOS DECEPÇÕES E FRUSTRAÇÕES . É O PREÇO DE NOSSO DESTINO, SÃO TENTATIVAS INÚTEIS ONDE I HOMEM CHEIO DE SONHOS E PROJETOS, CAEM NAS ARMADILHAS DA VIDA E NO FINAL DESTA CAMINHADA NOS DEPARAMOS AOS TROPEÇOS NEGATIVOS, ONDE NÓS PERSONAGENS VIRAMOS SIMPLES FIGURANTES E MUITO MAIS PALHAÇOS DA VIDA E NADA MAIS... FIM DE TARDE. TERÇA FEIRA, 02.10.2018.
LEIA MAIS...
CRÔNICAS DE RUFINO SILVA

domingo, 30 de setembro de 2018

Muitas vezes, em altas horas acordo gritando seu nome e de repente começo a chorar...

Dona Rocilda

Mamãe, ao me deparar com essa foto tirada nos anos 90, refleti com tanta saudade e dei uma volta ao passado, mergulhando no mundo da fantasia e não suportei tantas emoções. Chorei copiosamente em soluços. Sei que isso me faz tanto mal e Deus não gosta disso. Relembrei tantas coisas boas e inesquecíveis tiradas do fundo meu baú imaginário. Me senti triste e indefeso ao sentir que não mais pude abraça... la e dizer da falta que ela me faz. Dona Rocilda, tantas vezes tenho sonhado, minha mãe. Muitas vezes, em altas horas acordo gritando seu nome e de repente começo a chorar nesse silêncio da madrugada, sempre na doce esperança de um dia, voltemos ser, felizes outra vez, sentindo para sempre, quem sabe, esse seu calor que tanto me faz bem...30.09.2018.

LEIA MAIS CRÔNICAS DE RUFINO SILVA...

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Rir de cicatrizes quem nunca foi ferido...


Rir de cicatrizes quem nunca foi ferido... Justamente nos piores momentos de nossa vida você precisa mais que nunca agarrar...se a verdadeira força da fé e do sentimento de Deus. As vezes, fico a imaginar você olhar pro seu semelhante e arquitetar o mal e diplomaticamente o mal e prejuízos... Sei que perdoar é para Deus, nosso Pai. Perdoa então. Uma alerta... Se tens a condição sabia de fazer o bem... O faça e acima de tudo, Nossa Santa Aparecida vai se sentir feliz e te trará muito mais felicidade. Amém...20.09.2018..

LEIA MAIS...
CRÔNICAS DE RUFINO SILVA

segunda-feira, 17 de setembro de 2018

A tradição continua...

Foto: André Pinheiro e Rufino Silva/Facebook
A tradição continua... Mais o famoso Café com Rufino Silva, em sua modesta residência. Domingo, 16.09.2018. Presença rotineira e seleta do Repórter Nota 10, Andre Pinheiro... Hoje sem inspiração e sem poemas. Faz parte da vida. Nem sem sempre o sol brilha. Há dias, , que vem a chuva e nos molha por dentro... Amanha o dia por certo vai brilhar de novo... Deus provera...

Cinco horas. Segunda feira. 17.09.2018...ORAÇÃO PARA UM DIA FELIZ. AME. AME DE VERDADE. POR TRAZ DESSE VIVO SENTIMENTO, COLOQUE O TEMPERO DA VIDA. HUMILDADE. TAMBÉM SINCERIDADE. MAS NUNCA ESQUEÇA DE EXPULSAR O EGOÍSMO, O DESAMOR E A FALSIDADE. ACIMA DE TUDO O PERDOAR. ESSE SENTIMENTO COMPLEMENTAR DE NOSSOS CORAÇÕES...AMEM.

sábado, 15 de setembro de 2018

Eu não acho. Eu sei que eu já perdi você...

..

Rufino Silva Rufino Silva : 

Eu não acho. Eu sei que eu já perdi você... Linda musica... 15.09.2018. Porque hoje é sábado....

Há momentos na vida que você rir de suas próprias cicatrizes. A vida, uma piada... 15.09.18. Autoria. Rufino Silva...


Pra mim a esperança é a única que não morre...

Rufino Silva/Facebook
Pra mim a esperança é a única que não morre... Os sonhos se vão e geralmente fogem da gente, você ficando pra traz e os desencantos se perdem nas curvas das estradas longínquas da vida... São tantos projetos que fluem em nossas cabeças pensantes e de repente você sente... se sozinho e desprezado. Como se o sol se entendesse ao seu crepúsculo e rapidamente ele se escondesse e não mais retornasse a nossa realidade... Assim comumente caminha o nosso dia a dia, tal qual um sonho que se vai. Assim como esse fim de tarde, onde pouco a pouco a nossa historia não termina e logo depois se acaba. Acabando todos os sonhos meus, tal qual um aceno. Um adeus... 14.09.2018. Porque já chegou a sexta feira e com essa tristeza danada...

LEIA MAIS CRÔNICAS DE RUFINO SILVA...

terça-feira, 11 de setembro de 2018

Precisava ouvir uma música que falasse de nostalgia ...

..



Fagner - Guerreiro Menino - Vídeo Oficial

Rufino Silva Rufino Silva : 
Precisava ouvir uma música que falasse de nostalgia, de saudade, desalento de uma tristeza de vida, falasse de meus mistérios, ou mesmo de frustrações incomuns, de uma vida perdida, sem sonhos ou mesmo de uma ilusão sombria. Essa canção tem esse perfil. Que fala de mim, ou de outras histórias incertas na curva do tempo, onde tento me encontrar diante de tantas lágrimas nos caminhos sem rumo e nas dúvidas que me perdi...10.09.18. Noite.


quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Já está fim de tarde...

RUFINO SILVA
Já está fim de tarde... As luzes naturais vindas do céu, do infinito já não existem mais, o reflexo quase apagado desta quarta sem luz e o rastejar do vento que sopra em meu rosto quase embaçado onde a luz do céu se escondeu, deixando... me sem nada e sem esperança de viver. Morreu meu dia. Você não existe dentro de mim. Morri. 29.08.2018.

VEJA MAIS...
CRÔNICAS DE RUFINO SILVA

sábado, 25 de agosto de 2018

Meu Deus, cuidai das crianças...

É bom fazer uma criança feliz.
Meu Deus, cuidai das crianças... Fiquei tao feliz... Muito feliz no centro de Aracoiaba, quando uma criança gritou meu nome. Parei. Olhei, essa veio a mim e pediu...me que eu desse um alo pra ela, no programa, da FM Maior, 933. Depois me pediu uma boneca de presente. Mandei que fosse a minha casa dia 31.08.2018, para receber sua lembrancinha. É bom fazer uma criança feliz. Sexta. Manha. 24.08.2018.

LEIA MAIS EM...
CRÔNICAS DE RUFINO SILVA

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Às vezes. Num momento de fragilidade começo a me curvar diante de problemas outros.

Às vezes. Num momento de fragilidade começo a me curvar diante de problemas outros. Me deparo com obstáculos e num momento de desanimo penso em retroagir e largar tudo. Pura covardia. Fraqueza minha. Minha culpa. De repente, bem a meu lado, vislumbro a sagacidade, a coragem, sobretudo, a energia psicológica e a própria coragem de enfrentar o mundo com tanto vigor. Essa pessoa aparentemente tao frágil e dolente, me dar lição de vida. Me dar sorrateiramente exemplos de lutas e de desafios. Meu irmão. Ele. Semi deficiente com algumas anomalias, dar uma sacudida de reação e faz de seus problemas, a devida resposta, que nem tudo estar perdido e vai a luta. Esperneia, luta e em nada se entrega. Não se dar por vencido. Essa criatura com mais de 70 anos de idade, florando no olhar, o brilho nos olhos sem cansaço, cada vez me faz parar e nessas compara coes positivas, crio forca e coragem em continuar a lutar e jamais me acovardar. Dedim é o seu nome. Meu irmão. Apesar de deficiente, um homem de fê e de coragem. Obrigado meu mano. Você me fortalece quando quero cair. Você é meu ancora. Minha forca. Meu irmão forte, meu novo amanhecer... Minha nova esperança de vida... Hoje. Dia dos Pais. Meu convidado, neste domingo, 12.08.2018. Onde ganhei vitalidade de não ter medo de olhar para frente.

LEIA MAIS:
CRÔNICAS DE RUFINO SILVA


Júlia ao lado de Rufino Silva
Um dia diferente. Quase igual. Quebra de rotina. Só pra lembrar que a gente ta mais velho. Ora é pai. Ora é avô... Mesma coisa. Tai um exemplo. Essa sapequinha, filha de minha filha. Minha netinha. JULIA. Moral da historia. Hoje. Dia dos pais. Meu dia. .Não podia deixar de citar... Dia também daquele que não mais existe. Se foi. Meu velho pai. Enfim cumpriu sua missão. Sem ele, eu não estava aqui. Não tinha minha história. Nada. Não tinha, minha linda Família. Meu lar, minha vida. Hoje. 12.08.2018. Dia dos pais. Meu dia...

sábado, 11 de agosto de 2018

Bateu...me uma saudade imorredoura no peito.

São vozes e passos perdidos, nessa triste e fria Rodoviária que não existe mais...
Rodoviária de Aracoiaba/CE/Rufino Silva
Bateu...me uma saudade imorredoura no peito. Um vazio inexplicável ao chegar na Rodoviária de minha cidade. Aracoiaba. Era fim de tarde. Senti...me cercado de verdadeiros fantasmas e se ouvia vozes meio distantes, como se fossem de gente que já tivesse partido para outras miragens. Outras paragens. Gente do outro mundo. A luz do dia pouco a pouco a pouco desaparecia. Fugia. Tudo aquilo não passava de uma fantasia. Uma quimera que pessoas outras já tinham partido e a gente envolvido nesse manto de saudade, trazia para o presente, vozes de verdadeiros fantasmas desses amigos que já se foram, como se tivessem a necessidade nessa utopia desse raro momento, abracar aqueles que ainda perambulavam nos corredores quase escuros, nos bracos dessas recordações dos amigos que não existem mais. São vozes e passos perdidos, nessa triste e fria Rodoviária que não existe mais... Tarde e noite, desta terça-feira. 07.08.2018.

LEIA MAIS...
CRÔNICAS DE RUFINO SILVA

POSTAGENS MAIS VISITADAS