terça-feira, 17 de janeiro de 2017

QUEM SERÁ ESTE HOMEM ESPARRAMADO E DEITADO NO CHÃO, DE PAPO PRO AR??

QUEM SERA ESTE HOMEM ESPARRAMADO E DEITADO NO CHÃO, DE PAPO PRO AR. OLHAR PERDIDO E QUANDO ELE ME OLHOU, PARECIA PEDIR ALGO PARA COMER, MATAR SUA FOME QUE O FUSTIGAVA HA DIAS. ELE MAIS PARECIA UM FARRAPO HUMANO. UM MENDIGO. UM NADA...
ESTAVA AQUELE QUE MAIS PARECIA UM ESPANTALHO, POR SOB AQUELE ALPENDRE FRIO A NOITE E QUENTE DURANTE O DIA, NAQUELA CHURRASCARIA DESATIVADA NO TRIANGULO DE ARACOIABA. MAIS PARECIA UM SER INERTE, QUASE SEM VIDA, FAMINTO E COM MUITA SEDE. SEM HIGIENE E SEM APOIO DE NINGUÉM. MAIS PARECIA UM CÃO SEM DONO E SEM AFETO. SAI DALI. VI SEU DERRADEIRO OLHAR, QUASE SEM VIDA. DEPOIS ESSE POBRE E ABANDONADO HOMEM, FECHOU SEUS OLHOS, PARA DAR LUGAR AO CANSAÇO, QUE TOMOU CONTA DE SEU CORPO TAO FRÁGIL, QUASE SEM VIDA... FIQUEI A IMAGINAR... TANTAS PESSOAS QUE IAM E VINHAM, SEQUER SE PREOCUPOU COM ESSE SER DESFIGURADO, QUE TALVEZ QUISESSE PEDIR UM PEDAÇO DE PÃO OU ALGO ASSIM PARECIDO.
SIMPLESMENTE AQUILO ERA UM SER HUMANO, SEM PARENTES E SEM AMIGOS. FUTURO INCERTO, SEM NINGUÉM A ELE PROCURAR, JUSTAMENTE JOGADO AO CHÃO, SEM NOME E SEM HISTORIA... 26.09.2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário