terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Para onde vai essa estrada. . . não sei

Para onde vai essa estrada. . . não sei. Quantos andarilhos por ela já transitaram, sem rumo e sem norte. Esse mesmo céu nublado, assistiu meu caminhar nessa senda sem rumo e sem historia. Esse mesmo verde que se situa a margem, também perdeu seu brilho, onde o cantar dos pássaros perdeu sua melodia, seu sentido e a vontade de viver. . . 26.02.2016. 10. H.

Nenhum comentário:

Postar um comentário