terça-feira, 17 de janeiro de 2017

LÁ FORA A CHUVA CAI...


LÁ FORA A CHUVA CAI. SÃO PINGOS D'ÁGUA QUE ROLAM NA CALÇADA, COMO QUE FUGINDO DE MIM PELA TRISTEZA DESTA TARDE FRIA. SÃO QUINZE HORAS, EM ARACOIABA E EU POR TRAZ DA JANELA, TENTANDO ESCONDER MEU ROSTO MOLHADO POR ESSA CHUVA QUE CONTINUA EM MINHA RUA, COBRINDO DE LÁGRIMAS E DEIXANDO MEUS PENSAMENTOS PERDIDOS E UMA ESPERANÇA QUE JÁ MORREU E NINGUÉM VIU. NINGUÉM PERCEBEU. 18.02.2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário