terça-feira, 17 de janeiro de 2017

EU ESTOU DOENTE...

EU ESTOU DOENTE... UMA DOR RARA. UM VAZIO IMENSO QUE NÃO CABE NO INFINITO DE MEU VIVER. UMA ANGUSTIA QUE NÃO PREENCHE ESSE CORAÇÃO, JÁ TAO SURRADO E DOLORIDO. TRISTE E DESOLADO. DE FATO, HOJE, 20 DE SETEMBRO DE 2016. ESTAR FAZENDO NADA MENOS, NADA MAIS 15 MESES E 6 DIAS, QUE NÃO SINTO MAIS, PAZ, ALEGRIA PARA MIM, JÁ NÃO EXISTE MAIS, SÃO APENAS AMARGAS RECORDAÇÕES DESSES MOMENTOS, SEM ELA, MINHA DOCE MÃE, MINHA ETERNA DONA ROCILDA. UMA SENHORA QUE TODAS AUTORIDADES DA IGREJA CATÓLICA DEVERIAM REVERENCIAR SEU NOME, SUAS OBRAS SANTAS, SEMPRE PAUTADAS DE HUMILDADE E DE BENEVOLÊNCIAS. MAS MESMO ASSIM, NINGUÉM O FAZ. SIMPLESMENTE POR TER SIDO, ESSA PESSOA HUMILDE E RARA... CONTEXTO DE UMA SOCIEDADE HIPÓCRITA E FALSA, ONDE OS VALORES ESPIRITUAIS SÃO ESCONDIDOS POR TRAZ DE UM PANO, ONDE NEM A PRÓPRIA IGREJA ESCAPA DESSES PRECONCEITOS... DONA ROCILDA, ACHO QUE NO ANDAR DE CIMA. A SENHORA SERA DEVIDAMENTE RECONHECIDA E CADA VEZ MAIS, A CERTEZA QUE OS SEUS LOIROS DA VITORIA ETERNA, SERVIRÃO DE TUDO AQUILO DE BOM QUE A SENHORA TAO BEM SEMEOU AOS MAIS CARENTES E DESAFORTUNADOS. AMEM. 20.09.2016,

Nenhum comentário:

Postar um comentário